Museu Arqueológico do Carmo

O MAC incorporou ao longo dos séculos XIX, XX e XIX um conjunto de peças de valor histórico, arqueológico e artístico, contemplando artefactos e obras desde a Pré -História à contemporaneidade.

Em 1863 foi fundada pelo arquitecto da Casa Real Joaquim Possidónio da Silva, a Associação dos Arquitectos Civis Portugueses, que deu origem à actual Associação dos Arqueólogos Portugueses.

Cerca de um ano depois (1864), aqui se instalou o Museu Arqueológico do Carmo destinado a guardar e expor importantes peças escultóricas procedentes de antigos edifícios arruinados (sobretudo das casas monásticas extintas em 1834), e elementos integrantes do próprio templo, descobertos entre os escombros.

O MAC incorporou ao longo dos séculos XIX, XX e XIX um conjunto de peças de valor histórico, arqueológico e artístico, numa cronologia muito ampla, contemplando artefactos e obras desde a Pré -História à contemporaneidade, através das quais se podem conhecer as formas de pensar e sentir dos homens ao longo dos tempos e nas diversas vertentes culturais.

TripAdvisor Logo
Pontuação dos viajantes no TripAdvisorBaseado em 240 avaliações
Você é um representante de Museu Arqueológico do Carmo?
Informamos que quaisquer comentários, opiniões e declarações apresentadas, em anexo são totalmente independentes e não representam pontos de vista mantidos por, ou estão de alguma forma relacionados com visitlisboa.com