Aqueduto das Águas Livres

Conheça o gigante de pedra que atravessa Lisboa e que tanto contribuiu para o seu desenvolvimento. Deu água a gerações de lisboetas e resistiu ao grande terramoto de 1755.

Uma das imagens mais icónicas de Lisboa, o aqueduto das águas livres permitiu, a partir de 1744, abastecer de água fresca e potável toda a cidade de Lisboa. Mandado construir durante o reinado de D. João V, responsável por tantas obras marcantes, o ambicioso projeto em estilo barroco e neoclássico tem mais de 14 km de comprimento. A face mais visível deste monumento magnífico é o aqueduto de Alcântara que atravessa todo o vale. Com 21 arcos de volta perfeita e 14 arcos em ogiva, o arco grande que permite a passagem da ribeira tem 65 metros de altura e dista 29 metros entre pegões, o que o torna no maior arco ogival do mundo. Muitos arquitetos e engenheiros foram responsáveis pela construção deste colosso incansável, que esteve em forma até 1968, altura em que foi desativado. É possível marcar um passeio no aqueduto, uma forma única de ficar a conhecer este monumento.

TripAdvisor Logo
Pontuação dos viajantes no TripAdvisorBaseado em 268 avaliações
Você é um representante de Aqueduto das Águas Livres?
Informamos que quaisquer comentários, opiniões e declarações apresentadas, em anexo são totalmente independentes e não representam pontos de vista mantidos por, ou estão de alguma forma relacionados com visitlisboa.com