Panteão Nacional

O Panteão Nacional – ou Igreja de Santa Engrácia – é um monumento barroco impressionante, que alberga os túmulos dos cidadãos mais notáveis do país.

Venha conhecer a última morada de portugueses ilustres ao longo dos séculos, o Panteão Nacional.

Construído no século XVI, como igreja de Santa Engrácia, pela Infanta Dona Maria, filha de D. Manuel I, a igreja nunca teve culto nem cumpriu o seu fim.

É graças a ela que existe a expressão idiomática “como as obras de Santa Engrácia”, para denominar tudo aquilo que nunca mais acaba.

Na verdade, as obras demoraram 350 anos e só ficaram concluídas em meados do séc. XX. Assim, fique a conhecer a lenda do amor secreto entre Simão Pires e Violante, uma noviça contrariada do vizinho convento de Santa Clara.

Foi a maldição proferida por Simão que deu origem à expressão, ao ser injustamente condenado à fogueira por ser suspeito do roubo de umas relíquias, quando só ia ver a sua amada.

Venha conhecer o palco ilustre de tão trágica história de amor, considerado o mais belo monumento barroco de Lisboa.

TripAdvisor Logo
Pontuação dos viajantes no TripAdvisorBaseado em 1137 avaliações
Informamos que quaisquer comentários, opiniões e declarações apresentadas, em anexo são totalmente independentes e não representam pontos de vista mantidos por, ou estão de alguma forma relacionados com visitlisboa.com